40% dos peixes capturados perto de Fukushima seriam impróprios para consumo

Atualizado em  26 de outubro, 2012 - 08:03 (Brasília) 10:03 GMT

Um estudo mostrou que 40% dos peixes capturados próximos da usina nuclear de Fukushima, no Japão, foram considerados impróprios para o consumo humano.

De acordo com a pesquisa, os animais ainda contêm elevados níveis de césio.

A pesquisa indicaria que existe uma fonte contínua de radiação no oceano, mesmo após 18 meses do acidente nuclear causado por um terremoto seguido de tsunami.

De acordo com a pesquisa, publicada na revista especializada Science, mostram que 40% do peixes ca capturadoS próximo à usina nuclear de Fukushima foram considerados impróprios para o consumo humano.

As mais recentes descobertas sobre a forma como o desastre nuclear de Fukushima afetou o oceano e a vida marinha serão apresentadas num simpósio científico na capital japonesa ainda este mês.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.