Mursi se reúne com juízes para baixar tensão após decreto para superpoderes

Atualizado em  26 de novembro, 2012 - 04:36 (Brasília) 06:36 GMT

O presidente do Egito, Muhammad Mursi, se encontrará nesta segunda-feira com juízes do Conselho Supremo de Justiça, a mais alta corte judicial do país, para tentar reduzir a tensão gerada por um decreto que amplia os poderes presidenciais.

Mursi concedeu a si mesmo o controle total do Egito, provocando protestos violentos em todo o país e uma greve no Judiciário.

O gabinete da Presidência afirmou que o decreto é temporário.

O Conselho Supremo de Justiça chamou a um entendimento e pediu que os juízes e promotores retornem ao trabalho.

Mas os opositores a Mursi querem que ele anule totalmente o decreto, o qual classificaram como "um perigo para a democracia".

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.