Presidente eleito do México se reúne com Obama e apoia sua reforma migratória

Atualizado em  27 de novembro, 2012 - 23:00 (Brasília) 01:00 GMT

O presidente eleito do México, Enrique Peña Nieto, encontrou-se nesta terça-feira com o presidente dos EUA, Barack Obama, e defendeu planos do americano de reforma imigratória, bem como a cooperação na segurança da porosa fronteira entre os dois países.

Peña Nieto, que assume neste sábado, disse, segundo a Reuters, que seu governo "é muito simpático" à proposta de Obama, "que permitirá a regularização das condições de vida de milhões de cidadãos (imigrantes) nos EUA e pode levar a um acordo de mais mobilidade para as pessoas entre o México e os Estados Unidos".

O mexicano também prometeu esforços para combater a violência em seu país, palco de uma guerra envolvendo narcotraficantes e policiais com saldo de 60 mil mortos em seis anos.

Peña Nieto pertence ao PRI (Partido Revolucionário Institucional), que regressará ao poder após 12 anos de ausência.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.