Dilma anuncia ampliação do programa Brasil Carinhoso

Atualizado em  29 de novembro, 2012 - 13:44 (Brasília) 15:44 GMT

A presidente Dilma Rousseff anunciou nesta quinta-feira a ampliação do programa Brasil Carinhoso, complementação do Bolsa Família que transfere renda adicional a famílias com crianças pequenas.

O programa, que desde junho atendia famílias com crianças de até seis anos, buscando garantir-lhes uma renda mínima mensal de R$ 70 per capita, a partir de 10 de dezembro passará a atender também lares com jovens de até 15 anos.

"Vamos anunciar um passo decisivo para a sociedade de classe média que desejamos, aquela onde todos tenham as mesmas oportunidades, não importando a origem nem o local de nascimento, o gênero, religião, cor de pele ou sobrenome", disse a presidente.

Com as mudanças, o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), órgão responsável pelo programa, diz que 7,3 milhões de pessoas deixarão a miséria. Desde o início do Brasil Carinhoso, a pasta afirma que 9 milhões de pessoas abandonaram a pobreza extrema por causa do programa.

O governo considera extremamente pobres os brasileiros cujas famílias tenham renda mensal per capita inferior a R$ 70. Segundo o MDS, com a ampliação do programa, seus gastos previstos passarão de R$ 2,2 bilhões para R$ 3,94 bilhões.

O Brasil Carinhoso surgiu como uma complementação ao Bolsa Família, principal programa de transferência de renda do governo. O objetivo, segundo o MDS, era tirar da extrema pobreza famílias que não conseguiam deixar a categoria apesar de receber o Bolsa Família, que transfere até R$ 160 por lar.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.