Polícia e manifestantes voltam a se enfrentar na Tunísia

Atualizado em  1 de dezembro, 2012 - 19:42 (Brasília) 21:42 GMT
Protestos na Tunísia (AP)

Policiais e manifestantes entraram em choque pelo 5º dia

A polícia da Tunísia entrou em choque com manifestantes no quinto dia de protestos na cidade de Siliana.

Em Siliana e na cidade de Bargou policiais dispararam gás lacrimogêneo contra jovens que atiravam pedras.

Os manifestantes exigem a renúncia do governador regional e medidas para o desenvolvimento econômico da região.

O governo e o principal sindicato de Siliana chegaram a um acordo para tentar parar a violência. O acordo prevê que o governador assistente assuma o cargo.

Mas ainda não se sabe se esta medida vai satisfazer as exigências dos manifestantes.

O presidente da Tunísia, Moncef Marzouki, afirmou que os protestos podem se espalhar e ameaçar o futuro da revolução que começou há quase dois anos no país.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.