Mulher 'mais velha do mundo' morre aos 116 anos nos EUA

Atualizado em  5 de dezembro, 2012 - 05:44 (Brasília) 07:44 GMT

A americana Besse Cooper, considerada pelo livro Guinness dos recordes como a mulher mais velha do mundo, morreu nesta terça-feira aos 116 anos.

Nascida em 26 de agosto de 1896, Cooper havia se convertido na mulher mais velha do mundo segundo o Guinness em janeiro do ano passado.

Mas por um curto período de tempo ela perdeu a posição quando o Guinness recebeu a documentação que comprovava que a brasileira Maria Gomes Valentim era 48 dias mais velha, mas a brasileira morreu em junho do ano passado, pouco antes de completar 115 anos.

Quando questionada sobre seu segredo para a longevidade, Cooper afirmou: "Só me preocupo com as minhas coisas e não como comida porcaria".

Até hoje só foram documentados oito casos de pessoas que sobreviveram até os 116 anos. Segundo o Guinness, a pessoa que atingiu a maior idade foi a francesa Jeanne Louise Calment, que morreu no sul da França em 1997 aos 122 anos.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.