Confrontos entre fazendeiros deixam ao menos 30 mortos no Quênia

Atualizado em  21 de dezembro, 2012 - 07:41 (Brasília) 09:41 GMT

Ao menos 30 pessoas morreram em meio à escalada de violência na região do Rio Tana, na costa do Quênia, informam as autoridades locais.

Os embates ocorrem entre comunidades de fazendeiros rivais.

Grupos realizaram ataques com machados e queimaram mais de 40 casas.

Entre agosto e setembro, conforme as rivalidades entre as comunidades Pokomo e Orma aumentaram, mais de cem pessoas morreram.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.