Kim Jong-un diz que 2013 será de mudanças radicais

Atualizado em  1 de janeiro, 2013 - 07:57 (Brasília) 09:57 GMT

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, leu uma mensagem de feliz ano novo no rádio e na TV do país pela primeira vez e disse que 2013 será o ano de uma virada radical, que vai transformar o país em um gigante.

Ele falou sobre a necessidade de reunificar as duas Coreias e pediu a redução da tensão entre os países que estão, oficialmente, em guerra.

Desde 1994 que um líder da Coreia do Norte não fazia um pronunciamento em cadeia de rádio e TV, já que o último havia sido feito pelo avô do atual líder, Kim Il-sung. O pai Kim Jong-Il, que morreu em dezembro de 2011, raramente fazia discursos públicos.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.