Polícia na Índia prende membros de suposta rede de transplantes ilegais

Atualizado em  5 de janeiro, 2013 - 16:41 (Brasília) 18:41 GMT

A polícia no sul da Índia anunciou a prisão de sete suspeitos de envolvimento em uma rede ilegal de transplantes de rins.

Os detidos, entre eles alguns funcionários do governo, são suspeitos de providenciar a remoção cirúrgica de rins de pessoas pobres para que os órgãos fossem vendidos para transplantes.

Segundo os investigadores, os suspeitos pagavam aos doadores apenas uma pequena parte do dinheiro recebido dos receptores dos órgãos.

O tráfico de órgãos humanos é ilegal na Índia, mas há críticas de que a lei não é implementada adequadamente.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.