Assad chama opositores de fantoches

Atualizado em  6 de janeiro, 2013 - 09:18 (Brasília) 11:18 GMT

O presidente sírio, Bashar al-Assad emitiu fez um raro pronunciamento de TV, no qual chamou seus adversários de "inimigos de Deus e fantoches do Ocidente".

Ele lamentou o sofrimento das pessoas por conta da guerra civil, dizendo que uma "nuvem negra" de dor cobriu todos os cantos do país.

Assad também se disse disposto a definir um plano de paz envolvendo uma conferência de diálogo nacional e um referendo sobre uma nova carta (Constituição) nacional.

A ONU estima que mais de 60 mil pessoas foram mortas no levante contra o presidente, que começou em março de 2011.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.