Primeiro-ministro japonês critica China por disputa de ilhas

Atualizado em  11 de janeiro, 2013 - 14:36 (Brasília) 16:36 GMT

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, criticou nesta sexta-feira o governo chinês por permitir ataques violentos contra empresas japonesas em setembro passado, em meio à disputa entre os dois países sobre as ilhas do Mar da China Oriental.

Segundo Abe, a China não deve permitir que tais protestos.

A imprensa japonesa informou que a Guarda Costeira do país planeja implantar mais de 10 patrulhas para proteger as águas próximas às ilhas em disputa, chamadas de Senkaku no Japão e Diaoyu na China, em resposta à presença frequente de navios chineses na região.

As tensões sobre as ilhas aumentaram em 2012, quando a gestão anterior do governo japonês comprou as ilhas de um proprietário privado, de mesma nacionalidade.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.