Flexibilização migratória entra em vigor em Cuba

Atualizado em  14 de janeiro, 2013 - 09:05 (Brasília) 11:05 GMT

A partir desta segunda-feira, a maior parte dos cubanos não precisará mais obter permissão do governo do país para deixar o território rumo ao exterior.

A medida faz parte da lei de flexibilização migratória, que isenta os cidadãos do país da apresentação de documentos, como, por exemplo, "cartas-convite", até então obrigatórios para viajar ao estrangeiro.

Apenas um pequeno grupo de profissionais, considerados vitais para a ilha comunista, deverá continuar pedindo permissão oficial para sair do país.

Segundo explicou à BBC Mundo, o serviço em espanhol da BBC, o vice-chefe do órgão de migração de Cuba, coronel Lamberto Fraga, quem ficar à margem dos benefícios da lei não saberá de antemão porque a cada setor caberá a incumbência de elaborar uma lista das pessoas que consideram vitais para seu funcionamento.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.