Dilma voltará do Chile para ir a Santa Maria

Atualizado em  27 de janeiro, 2013 - 11:36 (Brasília) 13:36 GMT

A presidente Dilma Rousseff cancelou as reuniões que teria neste domingo no Chile, durante a 1ª cúpula União Europeia – Celac (Comunidade dos Estados Latino-americanos e Caribenhos), e anunciou que embarcará ainda pela manhã para a cidade de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, onde um incêndio em uma boate matou dezenas de pessoas.

Dilma disse que o governo federal fará "tudo o que for necessário" e ofereceu "toda ajuda necessária" ao governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro.

"Eu queria dizer à população do nosso país e de Santa Maria o quanto, nesse momento de tristeza, estamos juntos. E necessariamente iremos superar, mantendo a tristeza", disse a presidente, com voz embargada.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.