Três suspeitos são presos por escândalo da carne de cavalo na Europa

Atualizado em  14 de fevereiro, 2013 - 17:58 (Brasília) 19:58 GMT

A polícia do Reino Unido prendeu três suspeitos ligados ao escândalo gerado pela constatação de que carne de cavalo era vendida como se fosse bovina em diversos países europeus.

Os homens foram detidos em duas fábricas de processamento de carne suspeitas de ligação com a fraude.

Mais cedo, uma empresa francesa acusada de vender 700 toneladas de carne de cavalo como se fosse carne bovina, teve sua licença suspensa por autoridades da França.

A companhia, a Spanghero, afirmou não ter conhecimento do uso de carne de cavalo em seus produtos cujas embalagens indicavam carne bovina.

Supermercados na Alemanha começaram a remover refeições congeladas de suas prateleiras.

A União Europeia estuda fazer testes aleatórios para investigar a fraude em todos os países do bloco.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.