Vazamento de gás teria causado explosão na Pemex

Atualizado em  5 de fevereiro, 2013 - 07:21 (Brasília) 09:21 GMT

A explosão que ocorreu na última quinta-feira (dia 31) na sede da petrolífera estatal mexicana Pemex foi causada por um vazamento de gás, segundo o procurador-geral do país, Jesus Murillo Karam.

De acordo com Karam, não foram encontrados vestígios de explosivos no local, na Cidade do México.

Ele disse que especialistas acreditam que a explosão foi causada quando uma faísca, gerada por uma falha elétrica, entrou em contato com o gás resultante do vazamento.

A explosão deixou 37 mortos e mais de 100 pessoas ainda estão hospitalizadas.

A fonte do vazamento ainda precisa ser investigada, segundo Karam.

Uma das hipóteses é que o gás metano tenha escapado de dutos que ficam sob o edifício ou do sistema de esgoto.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.