Líderes europeus acordam primeira redução orçamentária do bloco

Atualizado em  8 de fevereiro, 2013 - 14:32 (Brasília) 16:32 GMT

Após quase 24 horas de negociações, líderes da União Europeia entraram em acordo nesta sexta-feira quanto ao orçamento de 2014-2020 do bloco, apesar de significativas diferenças entre as lideranças.

O presidente do Conselho Europeu, Herman van Rompuy, anunciou que um "acordo foi acertado" e que ele "valerá à pena". Rompuy prevê cortes orçamentários de 34 bilhões de euros.

Com isso, os países do bloco decidiram pela primeira redução da história do orçamento plurianual do bloco, que deve ficar em 908 bilhões de euros.

Países como o Reino Unido e a Holanda vinham pressionando por cortes, já que muitos países do continente estão implementando medidas de austeridade. Já França e Itália defendiam a manutenção dos gastos.

O plano ainda precisa ser aprovado pelo Parlamento Europeu, mas os parlamentares haviam dito que vetariam um eventual orçamento "austero".

O orçamento equivale a 1% do PIB geral da UE.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.