Quatro iranianos são condenados à morte por fraude bancária

Atualizado em  17 de fevereiro, 2013 - 16:25 (Brasília) 19:25 GMT
Julgamento no Irã

No total, dezenas de réus foram acusados de envolvimento na fraude, no valor de US$ 3 bilhões

A mais alta corte do Irã confirmou neste domingo a sentença de pena de morte para quatro homens envolvidos no maior caso de fraude bancária do país.

A fraude, no valor de US$ 3 bilhões, envolvia o uso de documentos falsificados para obter empréstimos bancários.

Um outro homem foi condenado à prisão perpétua. No total, dezenas de réus foram acusados de envolvimento na fraude.

Segundo o analista de Irã da BBC, o caso representam um grande constrangimento para o governo iraniano, já que muitos dos acusados eram funcionários do governo e dois deles eram vice-ministros.

Analistas dizem que as rígidas sentenças indicam que o governo iraniano que enviar uma mensagem clara de que esse tipo de crime não será tolerado.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.