ONU mostra preocupação com avanços de programa nuclear do Irã

Atualizado em  21 de fevereiro, 2013 - 18:27 (Brasília) 21:27 GMT

A Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), ligada às Nações Unidas, mostrou preocupação nesta quinta-feira com os avanços do programa nuclear iraniano.

Segundo o organismo multilateral, o país teria instalado centrífugas de gás muito avançadas em sua usina nuclear de Natanz, que poderiam permitir um aumento considerável na quantidade de urânio enriquecido disponível nos estoques do Irã.

O relatório da AIEA, ao qual a BBC teve acesso, também mostra preocupação com as grandes mudanças ocorridas na base militar de Parchin, onde a agência acredita que tenham ocorrido testes incluindo explosões ligadas a armas nucleares – o que o Irã nega.

Espera-se que as negociações sobre o controverso programa nuclear da República Islâmica sejam retomadas no Cazaquistão na próxima semana.

Ao comentar o relatório, o porta-voz da Casa Branca, Jim Carney, disse que a janela da diplomacia não permanecerá aberta de forma indefinida.

As potências ocidentais acreditam que o Irã mantenha seu programa nuclear com o objetivo de construir a bomba atômica, o que o país nega, alegando fins estritamente pacíficos como a produção de energia nuclear.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.