Justiça britânica considera culpados três por plano de ataque com bombas

Atualizado em  21 de fevereiro, 2013 - 14:15 (Brasília) 17:15 GMT
Irfan Naseer, Irfan Khalid e Ashik Ali (AFP)

Acusados usariam mochilas com bombas

Três britânicos foram considerados culpados por planejar uma série de ataques com bombas que poderiam ter causado mais estragos e mortes do que os ataques que mataram 52 pessoas em Londres em 2005.

Irfan Nasser, Irfan Khalid e Ashik Ali, todos da cidade de Birminghan na região central da Inglaterra, planejavam explodir bombas que seriam levadas em mochilas além de outros dispositivos.

Os alvos eram locais públicos em todo o país.

Parte do plano foi financiada graças ao dinheiro que eles arrecadaram com doações nas ruas. Eles diziam que as doações seriam revertidas para uma instituição de caridade muçulmana.

Os homens foram presos em 2011 depois de uma grande operação de vigilância realizada pela polícia britânica.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.