Reeleito, Raúl Castro diz que deixará Presidência de Cuba em cinco anos

Atualizado em  24 de fevereiro, 2013 - 20:15 (Brasília) 23:15 GMT

Reeleito neste domingo pela Assembleia Nacional, o presidente de Cuba, Raúl Castro, disse que deixará o poder após o término do segundo mandato, dentro de cinco anos.

O Parlamento cubano também escolheu Miguel Díaz-Canel como seu primeiro vice-presidente, o segundo na linha de comando oficial do país.

Raúl chegou ao poder em 2006 de forma temporária quando seu irmão, Fidel Castro, teve que se afastar devido a problemas de saúde, e de forma oficial oficial em 2008.

Desde então ele vem promovendo uma série de mudanças no país, entre elas a medida que determina um máximo de dois mandatos a cargos de alto escalão, sobretudo o de presidente. Seu anúncio neste domingo mostra a intenção de respeitar tal medida.

Aos 86 anos, Fidel Castro, compareceu à cerimônia de abertura da Assembleia Nacional em Havana neste domingo, que se prepara para eleger um presidente por mais cinco anos. A expectativa é que seu irmão, Raúl Castro, seja reeleito, em meio a uma série de mudanças no país.

Em uma rara aparição pública, Fidel chegou ao Congresso cubano ao lado de Raúl.

A última vez em que ele havia comparecido à Assembleia Nacional foi em 2006, quando passou o poder ao irmão.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.