Oposição síria volta atrás e decide participar de negociações em Roma

Atualizado em  25 de fevereiro, 2013 - 22:56 (Brasília) 01:56 GMT


O Conselho Nacional Sírio (SNC, na sigla em inglês), que congrega as forças de oposição do país, disse na noite desta segunda-feira que mudou de posição e vai agora participar de uma rodada de negociações que deve ocorrer em Roma. A decisão teria sido motivada após promessas dos Estados Unidos e da Grã-Bretanha.

Dias atrás o grupo anunciou que boicotaria as reuniões devido ao "silêncio do mundo" sobre as atrocidades da guerra civil no país, que já dura quase dois anos e segundo as Nações Unidas já matou mais de 70 mil pessoas.

Mas após declarações do secretário de Estado americano, John Kerry, e do ministro das Relações Exteriores britânico, William Hague, prometendo mais apoio aos rebeldes, o SNC mudou de posição.

A notícia chega em meio a relatos de fortes explosões na capital síria, Damasco, e do desaparecimento de um funcionário da ONU que atua no país.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.