China terá como prioridades empregos, bem-estar social e luta contra corrupção

Atualizado em  5 de março, 2013 - 00:10 (Brasília) 03:10 GMT

O primeiro-ministro da China, Wen Jiabao, disse que as metas do país são criar mais empregos, manter um crescimento estável, implementar mais medidas anticorrupção e primar pelo bem-estar social ao abrir o Parlamento nesta segunda-feira.

Tradicionalmente cabe ao premiê chinês fazer um relatório do que foi atingido e estabelecer as novas políticas ano ao inagurar a sessão de abertura anual do Parlamento do país, que dura duas semanas.

Entre as medidas relacionados ao bem-estar social, vistas como "prioridade", estariam melhoras no sistema de segurança social, combater os sérios problemas de poluição e promover uma "limpeza" no governo.

Seus comentários se alinham aos de Xi Jinping, novo chefe do Partido Comunista, para quem quem elevar os padrões de vida e combater a corrupção devem ser as medidas prioritárias do próximo ano no país.

Wen falou a 3.000 delegados de diversas partes do país que participam da sessão parlamentar anual.

Tópicos relacionados

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.