Japão consegue extrair gás natural de reservas no mar pela 1ª vez

Extração de gás no oceano Pacífico, costa do Japão (Reuters)
Image caption Companhia quer comercializar reservas de gás em seis anos

Uma companhia do Japão afirmou nesta terça-feira que conseguiu extrair gás natural pela primeira vez de uma fonte no fundo do mar.

A empresa estatal Corporação Nacional de Gás, Petróleo e Metais do Japão afirmou que conseguiu extrair o hidrato de metano de um campo que fica no oceano, a 50 quilômetros da ilha principal.

De acordo com a companhia, existem quantidades enormes do gás no fundo do oceano Pacífico.

Segundo pesquisadores, o gás pode se transformar em uma fonte de energia alternativa para o país, já que o Japão importa grande parte do gás que consome e ainda está sofrendo os efeitos da perda da energia nuclear fornecida pela usina de Fukushima, destruída depois do tsunami que atingiu o país há dois anos.

O Japão já gastou centenas de milhões de dólares em outras tentativas de extrair este gás e agora quer iniciar a comercialização dele dentro de seis anos.

Outros países, entre eles o Canadá, Estados Unidos e China, já estão tentando explorar depósitos de hidrato de metano.