Ministros europeus aprovam pacote de resgate para Chipre

Ministros da zona do euro aprovaram um pacote de resgate de 10 bilhões de euros (R$ 25,9 bilhões) para o Chipre em uma tentativa de salvar o país da falência.

O acordo foi alcançado após negociações em Bruxelas com o Fundo Monetário Internacional (FMI).

Em troca, o Chipre deverá tomar medidas para cortar seu déficit público e sanear seu sector bancário.

Pela primeira vez em um resgate da zona do euro, será cobrada uma taxa sobre o dinheiro mantido em contas bancárias no Chipre. Contas com mais de 100 mil euros serão taxadas em 9,9%, e as que tiverem menos que isso pagarão uma taxa de 6,75%.