Polícia usa gás para dispersar protestos em ação na Aldeia Maracanã

Em meio à operação de retirada dos índios da Aldeia Maracanã, na manhã desta sexta, a polícia do Rio usa spray de pimenta e bombas de efeito moral para dispersar os manifestantes do local, na zona Norte da cidade.

O índio Afonso Apurinã disse à BBC Brasil que a maioria dos índios já deixou o Museu do Índio, mas acusou a polícia de usar spray de pimenta na retirada. Não foi possível ainda confirmar a informação com os policiais.

Há muito tumulto entre a polícia e os manifestantes que foram ao local demonstrar apoio aos índios, interrompendo temporariamente a via de acesso ao Museu do Índio.