Obama promete US$ 200 mi à Jordânia para ajudar refugiados sírios

O presidente dos EUA, Barack Obama, prometeu nesta sexta-feira à Jordânia fundos de US$ 200 milhões (R$ 400 mi) para ajudar o país a lidar com o crescente número de refugiados sírios no país.

Os fundos - que dependem de aprovação do Congresso americano - seriam destinados à ajuda humanitária dos cerca de 450 mil refugiados que fugiram à Jordânia desde que estourou o conflito na Síria, em 2011.

A visita à Jordânia é a última parada da viagem de três dias de Obama, que passou também por Israel e Cisjordânia.

Em encontro com o americano, o rei jordaniano Abdullah 2º falou que a gente quantidade de refugiados impõe um pesado "fardo" ao país.

Ao mesmo tempo, Obama afirmou temer que a Síria se torne um bastião para extremistas que aproveitem o vácuo causado pelo caos no país.