Google cria ferramenta para dar destino a dados após morte de usuário

  • 12 abril 2013

O Google anunciou que permitirá a usuários que decidam o que acontecerá com seus dados após sua morte, ou após eles ficarem inativos online. Trata-se da primeira empresa a lidar com essa questão, tão espinhosa.

A medida vale para e-mail, para a rede social Google Plus e outras contas.

Usuários podem escolher que seus dados sejam apagados ou enviados a alguém, após um determinado período de inatividade em suas contas (por exemplo, 3, 6 ou 12 meses).

"Esperamos que isso permita a você planejar sua pós-vida digital, protegendo sua privacidade e segurança e facilitando a vida de seus entes queridos após sua partida", disse a empresa em um post de blog.

A companhia ressaltou que, antes de apagar dados, mandará uma mensagem comunicando isso a endereços de e-mail secundários dos usuários.