Incêndio em hospital psiquiátrico mata ao menos 38 na Rússia

Pelo menos 38 pessoas morreram em um incêndio num hospital psiquátrico em Ramenskiy, nos arredores de Moscou.

Segundo Oleg Salagai, porta-voz do Ministério da Saúde russo, dois médicos estariam entre as vítimas. Uma enfermeira teria conseguido livrar dois pacientes do fogo.

De acordo com a agência de notícias russa Ria Novosti, as chamas teriam sido provocadas por um curto circuito nas primeiras horas desta madrugada e se alastrado rapidamente.

Uma autoridade local informou que as janelas do prédio tinham grades, dificultando a saída dos pacientes. A maioria deles foi encontrada em suas camas.

Notícias relacionadas