Premiê condena antissemitismo na Hungria

O premiê húngaro Viktor Orban condenou o antissemitismo durante a abertura do Congresso Mundial Judaico em Budapeste.

Orban afirmou que o antissemitismo está crescendo na Hungria devido à crise econômica, mas deixou claro que ele é inaceitável.

No sábado, o partido húngaro de extrema direita reuniu centenas de pessoas em uma manifestação de caráter antissemita na capital.