Separatistas curdos iniciam retirada da Turquia

  • 8 maio 2013
Combatentes separatistas curdos caminham entre as montanhas na Turquia (AFP)
Combatentes vão caminhar até o norte do Iraque

Líderes do partido curdo da Turquia informaram que combatentes do movimento separatista PKK começaram a retirada do território curdo.

A retirada é um passo importante para encerrar cerca de três décadas de conflito que já matou milhares de pessoas.

Pelo menos 1,5 mil combatentes vão se retirar, caminhando até bases do PKK no norte do Iraque.

Uma retirada completa deve levar entre três e quatro meses.

O líder do PKK, Abdullah Ocalan, que está preso, anunciou uma trégua e a retirada em março, depois de meses de negociações de paz mantidas em segredo e que resultaram no apoio de Ocalan a um histórico cessar-fogo.

O primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, prometeu que os combatentes do PKK que estão se retirando não serão presos ou feridos, mas pediu também para que eles entreguem as armas.