Apicultura urbana se populariza em 'selva de pedra' de Hong Kong

Atualizado em  12 de julho, 2011 - 16:54 (Brasília) 19:54 GMT

Player

Organização de artistas e apicultores tenta popularizar prática em 'selva de pedra' asiática.

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Formatos alternativos

Uma organização de artistas e apicultores está tentando popularizar a criação de abelhas para mel em Hong Kong.

Atualmente, o grupo já espalhou 11 colmeias urbanas em Hong Kong, uma das cidades mais densamente povoadas do mundo.

Embora as colmeias pareçam pequenas, cada uma abriga cerca de 10 mil abelhas.

Colmeia urbana

A organização Hong Kong Honey já espalhou 11 destas colmeias urbanas pela cidade

E a selva de pedra acaba sendo um bom lar para elas.

"O centro da cidade é denso, mas nos arredores de Hong Kong há muito verde, montanhas com árvores e flores que as abelhas podem polinizar e onde recolhem néctar", afirma o artista Michael Leung, fundador da Hong Kong Honey.

A apicultura urbana tem ganhado força em várias cidades, como Tóquio, Paris, São Francisco e Chicago.

Seguindo a tradição chinesa, em Hong Kong os apicultures não usam roupas de proteção nem fumigadores.

Leung diz que, embora já tenha sido picado 13 vezes na sua carreira de um ano e meio, a prática reforça a sua conexão com as abelhas.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.