Vídeos mostram aurora austral do espaço e 'volta ao mundo' em 1 min.

Atualizado em  21 de setembro, 2011 - 11:18 (Brasília) 14:18 GMT

Player

Imagens foram montadas a partir de fotografias tiradas por astronautas da Estação Espacial Internacional.

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Formatos alternativos

A Nasa divulgou imagens da aurora austral vista do espaço. O vídeo inédito foi capturado pela Estação Espacial Internacional, que orbitava a mais de 300 quilômetros de altitude entre a Austrália e a Antártida.

Imagens: Gateway to Astronaut Photography of Earth

Imagens foram fornecidas pelo Gateway to Astronaut Photography of Earth

A imagem foi montada a partir de centenas de fotografias tiradas pelos astronautas.

Como o fenômeno aconteceu em uma noite encoberta, não foi possível visualizá-lo a partir da Terra.

A aurora austral – identificado pelas luzes verdes no céu – é um fenômeno ótico que acontece no Polo Sul do Planeta.

O cientista James Drake usou 600 imagens fornecidas gratuitamente no site da Estação Espacial Internacional e criou uma volta ao mundo em 60 segundos. As imagens são do Gateway to Astronaut Photography of Earth, e foram publicadas no site do cientista infinity-imagined.tumblr.com

O vídeo começa no Oceano Pacífico e percorre todo o continente americano, até chegar à Antártida.

É possível ver as cidades de Vancouver e Victoria, no Canadá, Seattle, Portland, São Francisco, Los Angeles e Phoenix, nos Estados Unidos, e Cidade do México.

Em seguida as imagens mostram Guatemala, Panamá, Colômbia, Equador, Peru, Amazônia brasileira e o Chile.

A montagem de James Drake virou um sucesso na internet.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.