A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Britânico filma passeio de moto a 240 km/h e é proibido de dirigir por cinco anos

Um motociclista britânico que colocou uma câmera em seu capacete para gravar seus passeios de moto a mais de 240 quilômetros por hora perdeu a carteira e ficará proibido de dirigir por cinco anos.

Robert Owens, de 48 anos, usou a câmera acoplada no capacete para gravar um vídeo enquanto pilotava sua moto em estradas na região de Buckinghamshire, sul da Inglaterra.

Direito de imagem BBC World Service
Image caption Robert Owens acoplou uma câmera no capacete para gravar seus passeios (BBC)

Ao todo, o motociclista gravou quatro destas voltas de moto em abril de 2011.

Os vídeos mostram Owens empinando a moto, passando por caminhos destinados apenas para pedestres e costurando no meio de outros veículos.

Owens colocou os vídeos no YouTube e, segundo a polícia, nestas gravações ele se gabava do que tinha feito. Os policiais receberam uma denúncia anônima e o motociclista foi preso.

Além de ser proibido de dirigir, Owens também foi sentenciado a 51 semanas de prisão que cumprirá em liberdade. Mas, ele poderá ser preso se, durante um período de dois anos, cometer algum delito.