A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Prontos-socorros improvisados nas calçadas não dão conta de feridos no Cairo

Manifestantes continuam entrando em choque com a polícia no Cairo. Um grande ato foi convocado nesta terça-feira, depois de mais uma noite de violência na capital.

Direito de imagem video
Image caption Manifestante ferido é atendido na calçada no Cairo

Os egípcios têm improvisado prontos-socorros nas calçadas da cidade para atender os feridos nos confrontos, mas essa solução não tem sido suficiente.

As forças de segurança estão tentando conter os protestos na Praça Tahir, que em fevereiro foi palco dos atos que levaram à renúncia de Hosni Mubarak.

Os manifestantes temem que o governo interino queira manter o controle do país, mesmo após as eleições parlamentares egípcias, previstas para a próxima semana.

Pelo menos 20 pessoas morreram desde sábado, quando começou uma nova onda de violência. O conselho militar ainda está analisando um pedido de renúncia do gabinete do premiê Essam Sharaf.