Mães japonesas competem por decoração de lancheiras de filhos

Atualizado em  12 de dezembro, 2011 - 10:18 (Brasília) 12:18 GMT

Player

Lanches mostram personagens de desenho, animais e instrumentos musicais.

Assistirmp4

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Formatos alternativos

A hora do recreio nas escolas do Japão pode ser uma verdadeira competição entre as lancheiras com o conteúdo mais bonito.

As marmitas decoradas, bastante populares no país, mostram personagens de desenho, animais e instrumentos musicais.

A decoração das marmitas, ou bentôs, reflete a tradição japonesa de se importar não apenas com o sabor, mas também com a apresentação gráfica da comida.

Em Tóquio, as aulas de Tomomi Maruo são disputadas pelas mães que querem rechear as lancheiras dos filhos com personagens de desenhos.

Personagens de desenho animados se transformam em parte do lanche das crianças (BBC)

Personagens de desenho animados se transformam em parte do lanche das crianças (BBC)

Não basta apenas abrir um sanduíche ou uma caixa de suco, o recreio no jardim de infância precisa ser motivo de orgulho com o lanche mais bonito. E muitas mães ficam ansiosas.

"Há competição, a expectativa das crianças é grande e me sinto pressionada", disse Yayoi Uemura, uma das alunas do curso.

Tomomi Maruo guarda as fotos dos lanches mais elaborados que já fez com arros e algas. A professora já conseguiu fazer o rosto de Michael Jackson, Harrison Ford e até o presidente americano, Barack Obama.

E a professora faz estes lanches elaborados todos os dias.

"É divertido, eu gosto de fazer e meus filhos também gostam", disse Maruo.

Não só os filhos da professora gostam dos bentôs decorados. De volta ao recreio, no jardim da infância, os personagens elaborados durante horas pelas mães somem das lancheiras em poucos minutos.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.