A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Choro convulsivo na Coreia do Norte gera dúvidas em analistas

A morte do líder norte-coreano Kim Jong-il desencadeou nas ruas do país cenas consideradas como histeria coletiva no Ocidente.

Direito de imagem BBC World Service
Image caption Norte-coreanos se reuniram para chorar morte de Kim Jong-il (BBC)

As imagens da televisão estatal do país mostravam norte-coreanos reunidos em praças e monumentos, ajoelhados e chorando convulsivamente pelo líder morto.

Analistas afirmam que é muito difícil saber o quanto de verdade existe nestas cenas.

Para alguns, pode ser uma mistura de medo, temor pelo futuro e até dor verdadeira. Para outros, pode ser apenas uma manifestação teatral que se transforma em uma espécie de competição, para saber quem chora mais alto.

Já outros, falam que é possível que, em um sistema tão patriarcal, a morte de um líder pode se transformar em dor pessoal.