A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Cientistas fazem cócegas em gorilas para estudar evolução da gargalhada

Cientistas britânicos estão estudando como primatas reagem a cócegas para descobrir mais pistas sobre a evolução da gargalhada.

Pesquisadores da Universidade de Portsmouth estão monitorando o comportamento de gorilas em um zoológico em Kent, com ajuda dos tratadores dos animais.

Direito de imagem BBC World Service
Image caption Phil Ridges trata da gorila Emmie desde que ela chegou a Kent (BBC)

Uma das estrelas do estudo vem sendo a gorila Emmie, de 19 anos, que tem mostrado reações muito parecidas com a de humanos.

Os pesquisadores também estão encontrando grandes semelhanças entre os sons das gargalhadas de primatas com as risadas de seres humanos.

Para os cientistas, a gargalhada pode ter nascido há 30 ou 60 milhões de anos.