'Minha mãe teve que comer rato', diz sem-teto nos EUA

Atualizado em  15 de fevereiro, 2012 - 15:15 (Brasília) 17:15 GMT

Player

Cada vez mais americanos sofrem com os efeitos da crise.

Assistirmp4

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Formatos alternativos

Os Estados Unidos têm atualmente uma das menores taxas de mobilidade social entre países desenvolvidos. Assim, um americano que nasce pobre tem uma grande possibilidade de permanecer na pobreza ao longo de sua vida.

BBC

A crise leva milhares de sem-teto a passar inverno em barracas

Perto de uma estrada no Estado de Michigan, há um outro lado dos EUA: uma cidade de barracas. Essa é apenas uma das maneiras que vêm sendo usadas por cada vez mais americanos para lidar com a crise.

Atualmente, os recursos públicos não são suficientes para os 47 milhões de pessoas que vivem abaixo da linha da pobreza. E em cada vez mais lugares nos EUA, o sonho americano parece só uma ficção.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.