Estudante com câncer no cérebro tira nota máxima em 'Enem britânico'

Atualizado em  31 de agosto, 2012 - 16:01 (Brasília) 19:01 GMT

Player

John Baxter passou por seis semanas de radioterapia depois de cirurgia complicada para retirada de tumor.

Assistirmp4

Para executar este conteúdo em Java você precisa estar sintonizado e ter a última versão do Flash player instalada em seu computador.

Formatos alternativos

Um estudante britânico diagnosticado com um câncer no cérebro conseguiu uma das notas máximas no exame britânico equivalente ao Enem.

John Baxter (BBC)

Baxter afirma que quer ser médico e escrever um livro (BBC)

John Baxter, 16 anos, descobriu que tinha um tumor maligno em dezembro de 2011 e passou por uma cirurgia complicada, na qual os médicos tiveram que abrir seu crânio para a retirada do tumor.

Enquanto se recuperava, a escola onde ele estuda em Omagh, na Irlanda do Norte, enviou as lições para John estudar em casa e fazer a prova, chamada de GCSE, obrigatória para os estudantes britânicos do ensino médio.

Anthony White, vice-diretor da escola de Baxter, conta que, mesmo fazendo radioterapia no período da manhã, o estudante ainda conseguia ir à escola durante a tarde.

Baxter já teve leucemia aos três anos de idade e passou por anos de tratamento. Desta vez, mesmo passando por seis semanas de radioterapia, John disse que não deixaria a doença arruinar seus estudos.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.