A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Cacos de vidro viram arte no Quênia

A oficina de artes Kitengela, no Quênia, transforma toneladas de cacos de vidro em objetos de arte e decoração.

Os artesãos moldam o vidro através de técnicas que criam de vitrais a contas de vidro, passando por vidro insuflado.

Direito de imagem Reuters
Image caption Os artesãos utilizam diversas técnicas para moldar vidro, entre elas vitrais, contas e vidro insuflado

O resultado são diversos candelabros artísticos, vidros de vários formatos e bijuterias.

A ideia de transformar restos de vidro em arte veio do artista Anslem Croze, filho de uma holandesa e um americano.

A fama desta casa de reciclagem peculiar já ultrapassou as fronteiras do Quênia e atrai turistas estrangeiros.

Além de interessados em aprender como restos de vidro podem ser reutilizados, eles dificilmente saem de mãos vazias.