A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Quebra-cabeça de 40 mil peças desmorona na Inglaterra

Um britânico passou mais de 200 horas montando o que poderia ter sido o maior quebra-cabeça do mundo tudo para ver a "obra" desabar.

Image caption A peça, montada, será leiloada e o dinheiro, doado para caridade

Dave Evans passou 35 dias cortando à mão cada uma das peças de madeira do quebra-cabeça, que tinha seis por 2,5 metros.

O quadro final, que já tinha sido montado, mostrava 33 imagens do Jubileu de Diamante da Rainha Elizabeth 2ª, celebrado no ano passado.

As 40 mil peças estavam em uma moldura na oficina de Evans, no sudoeste da Inglaterra.

Mas, quando Evans foi fazer ajustes, tudo veio abaixo.

O britânico está pedindo a ajuda de voluntários para montar tudo de novo a tempo de mostrar o quebra-cabeças em uma exposição em maio.

O quebra-cabeças foi criado para tentar estabelecer o recorde de maior quebra-cabeças de madeira cortado à mão do mundo. Mas, para o recorde ser oficializado, a Guiness World Records deveria tê-lo certificado, o que não chegou a ocorrer.

Segundo um porta-voz da Guiness World Records, não há registro de recorde na categoria, mas o mínimo número de peças para estabelecê-lo seria 10 mil.

Evans já havia enviado todas as informações sobre o quebra-cabeça para a Guiness, que demora até seis semanas para certificar recordes.