A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Britânica dá à luz gêmeos pela terceira vez

Uma britânica deu à luz gêmeos pela terceira vez, desafiando as estatísticas. Segundo médicos, apenas um em cada 500 mil casais que tiveram dois pares de gêmeos têm o terceiro.

Karen Rodger, de 41 anos, e o marido, Colin, de 44, já tinham os gêmeos Lewis e Kyle, de 14 anos, e Finn e Jude, de 12. Agora, o casal teve duas meninas, Rowan e Isla.

As bebês, que não são idênticas, nasceram na semana passada em um hospital da cidade escocesa de Glasgow com apenas dois minutos de diferença entre uma e outra. Rowan nasceu pesando 2,53 kg e Isla, com 2,72 kg.

"Eu não conseguia acreditar. Nunca pensei que seriam gêmeos de novo, pensei que isto não acontece com pessoas como eu, mas estou absolutamente encantada", afirmou Karen à BBC.

Brincadeira

Karen, uma professora de dança, afirmou que descobriu que iria ter gêmeos em um exame feito na sexta semana de gravidez. Ao descobrir, ela precisou de um tempo para contar ao marido e, mesmo assim, só conseguiu enviar uma mensagem de texto.

Image caption Karen e Colin não esperavam ter gêmeos e nem meninas

"Ele pensou que eu estava brincando e, imediatamente, mandou uma mensagem de volta dizendo: 'Não é engraçado'. Tive que explicar para ele que era mesmo verdade", disse.

Karen e o marido decidiram não saber o sexo das crianças antes do nascimento e tiveram outra surpresa quando as duas meninas nasceram.

"As meninas têm apenas alguns dias de idade, então ainda estou tentando entender o fato de que teremos mais garotas na casa, pessoas que vão roupar meus sapatos brilhantes e maquiagem", conta Karen.

"Estou muito feliz por serem meninas, definitivamente será uma ótima jornada", acrescentou.

O casal britânico decidiu ter mais um filho depois que Karen completou 40 anos de idade.

"Depois de ter Finn e Jude eu não sentia que minha família estava completa (...). Completei 40 e pensei que, se fosse fazer isto (ter mais filhos), melhor seria ter agora", afirmou.

Agora, além de contar com a ajuda dos quatro filhos mais velhos, o casal terá que comprar um carro novo.

A van de sete lugares não terá lugar suficiente para a família de seis filhos e também o carrinho.

O casal também terá que reformar a casa para que as meninas tenham um quarto próprio.