A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Grã-Bretanha aprova inseminação polêmica

Image caption Sharon Bernardi perdeu seis bebês por conta da doença mitocondrial

O governo britânico declarou apoio à técnica pioneira de fertilização in vitro que permite a transferência dos genes de pais que tenham apresentado doença mitocondrial para o óvulo de uma doadora saudável.

A doença mitocondrial é degenerativa e tende a matar bebês em poucos meses.

Críticos afirmam que a técnica é antiética, já que o novo óvulo fecundado também carrega pequenas partículas do DNA da doadora.

Mas o governo britânico aguarda apenas os testes finais para legalizar o procedimento, que estará disponível para casais em até dois anos.