Foto: BBC Brasil
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Rap ganha popularidade entre índios ao denunciar violência

Dados da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) obtidos pela BBC Brasil com base na Lei de Acesso à Informação revelam que em nenhum outro lugar do país tantos índios morrem por causas externas como no Mato Grosso do Sul.

Entre 2007 e 2013, o Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) do estado registrou 487 mortes violentas de índios, das quais 137 por homicídio. O dado confere à área o índice aproximado de 100 mortes por 100 mil habitantes, maior que a taxa de homicídios no Brasil (25,8) e até que a da capital mais violenta do país, Maceió (79,8).

A insegurança vivida pelos índios de Mato Grosso do Sul se faz notar até no gosto musical dos jovens. Conjuntos de rap que denunciam o racismo e a violência em grandes cidades brasileiras se tornaram populares entre o grupo.

O gênero tem ganhado expoentes dentro da própria comunidade, como os pioneiros Brô MC's, que no vídeo acima cantam o rap Tupã.