Maratona no Polo Norte | Crédito: BBC
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Atletas enfrentam frio de -30 em maratona no Polo Norte

Imagine correr cerca de 42 quilômetros sob o frio congelante do Polo Norte.

O desafio foi encarado por 47 maratonistas, de 20 países diferentes, na última quarta-feira, 9 de abril.

A competição aconteceu nos arredores da estação russa de Barneo.

Image caption Americano Mike Wardin venceu maratona, com um tempo de quatro horas, sete minutos e 40 segundos

Munido de luvas e roupas apropriadas para resistir a baixas temperaturas, os maratonistas tiveram de ter cabeça fria para vencer a longa corrida.

O campeão foi o americano Mike Wardin, que terminou a prova em quatro horas, sete minutos e 40 segundos.­­­­­­

Com gelo por todo o rosto, ele disse que a competição foi a mais difícil de sua vida.

Já a alemã Anne-Marie Flammersfeld foi a primeira mulher a cruzar a linha de chegada, com um tempo de quatro horas, cinquenta e dois minutos e quarenta e cinco segundos.

Ela disse que durante a corrida seu rosto congelou e seus dedos ficaram dormentes, o que tornou a prova mais difícil. Anne-Marie também falou que em determinados momentos teve a visão prejudicada porque seus cílios congelaram.

A competição já tem data marcada para o ano que vem: 9 de abril. A inscrição custa cerca de 12 mil euros (R$ 37 mil).