A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Aposta no Brasil é teste para tartaruga Cabeção substituir polvo Paul

11 junho 2014 Atualizado pela última vez 11:00 (Brasília) 14:00 GMT

Dessa vez, os torcedores da Copa do Mundo não poderão contar com as previsões do polvo Paul, que ganhou fama mundial ao antecipar com sucesso os resultados de vários jogos do Mundial de 2010.

O polvo morreu pouco tempo depois da Copa da África do Sul, mas há uma candidata brasileira a sucedê-lo nessa missão: a tartaruga Cabeção.

A ideia de ter um novo animal vidente foi do Projeto Tamar, organização que trabalha na preservação de tartarugas marinhas.

A primeira previsão de Cabeção - uma tartaruga macho - é de vitória do Brasil sobre a Croácia, no jogo de abertura da Copa, nesta quinta-feira.

Cabeção pertence ao Projeto Tamar

Para fazer sua previsão, Cabeção nadou num tanque com três sardinhas penduradas, uma sob a bandeira brasileira, outra sob a bandeira croata e outra no meio das duas, simbolizando o empate.

A tartaruga quase comeu a do meio, mas acabou escolhendo a brasileira.

O polvo Paul vivia num aquário na Alemanha e conseguiu prever com sucesso os vencedores de todos os jogos do país durante a Copa de 2010, além da final, vencida pela Espanha contra a Holanda.