A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

'Eles nos penduravam pelas mãos', diz jovem que ficou em poder do 'Estado Islâmico'

Em abril, 150 estudantes de Kobani, cidade síria na fronteira com a Turquia, foram sequestrados por militantes do grupo autodenominado "Estado Islâmico".

O menino Reshwan, de 15 anos, estava entre eles. Ficou quatro meses em cativeiro até ser solto, em outubro.

Em entrevista à BBC no lado turco da fronteira, onde Reshwan mora atualmente com sua família, o jovem falou sobre o cativeiro, a origem dos sequestradores e as torturas e abusos sofridos.