A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

“Já estou dando a volta por cima”, diz petroleiro que virou papai noel

Projetista da área de refrigeração e arquitetura de plataformas de petróleo há mais de três décadas, o carioca Pedro Martins, de 60 anos, está há um ano e meio desempregado.

Afetado diretamente pela crise, ele é um dos 14 mil que perderam seus empregos na indústria naval em 2015 apenas no Estado do Rio de Janeiro.

Após se inscrever numa escola de papais noéis, ele trabalha agora num shopping center na Zona Sul do Rio e espera ganhar um dinheiro extra de fim de ano também com visitas residenciais na noite de Natal.