A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

#SemanaPassado: Turnê dos Beatles, volta de aiatolá ao Irã e massacre na Bósnia

Nesta semana na história: a Beatlemania chega aos Estados Unidos; o aiatolá Khomeini retorna ao Irã; e massacre em Sarajevo choca o mundo.

No dia 7 de fevereiro de 1964, os Beatles desembarcaram no aeroporto de Nova York, onde foram recebidos por mais de três mil fãs para a sua primeira turnê no continente americano.

Foi a primeira de muitas aparições de uma agenda lotada – que incluía o lançamento do hit I Wanna Hold Your Hand nos Estados Unidos, alguns dias depois, e a participação no programa Ed Sullivan Show, onde a banda fez uma apresentação de dez minutos para 13 milhões de espectadores.

Em 10 de fevereiro de 1979, o aiatolá Ruhollah Khomeini, um dos líderes da revolução iraniana, retornou ao seu país depois de um exílio de 14 anos.

Neste mesmo ano, ele deu início à revolução que depôs o então xá Mohammad Reza Pahlavi. Depois disso, Khomeini governou o país até a sua morte, em 1989.

No ano de 1994, Sarajevo, na Bósnia, sofreu o primeiro de dois bombardeios a mercados repletos de civis durante o cerco da cidade na Guerra da Bósnia. O primeiro ataque, premeditado pelo Exército da República Srpska, matou 68 pessoas e feriu 144.

O segundo massacre, que matou 43 pessoas e feriu 75 no ano seguinte, culminou no Acordo de Paz de Dayton, que selou o fim da guerra.

Por problemas técnicos, tivemos que publicar o SemanaPassado com alguns dias de atraso.