Por que temos pesadelos?
A reprodução deste formato de vídeo não é compatível com seu dispositivo

Por que temos pesadelos?

Já acordou com o coração pulando no peito, rangendo os dentes de nervoso?

Se você já se assustou com um pesadelo, saiba que não está sozinho.

Cerca de 90% de nós temos pesadelos em algum momento, segundo a Associação Americana do Sono.

Mas por que eles nos deixam com tanto medo e o que eles significam?

Na verdade, pesadelos podem ser bons para nós, dizem alguns psicólogos.

Uma teoria é que ajudam o cérebro a processar experiências intensas.

Se nos sentimos sobrecarregados, o cérebro pode criar situações que vão de encontro a isso.

Se você está atolado no trabalho, pode sonhar que foi pego por um tsunami, por exemplo.

Especialistas dizem que pesadelos nos ajudam a lidar com acontecimentos ruins na vida.

Durante o dia, relacionamos estes eventos a respostas emocionais - nem sempre da melhor forma.

Por exemplo: podemos adquirir medo de algo que não é de fato uma ameaça.

Os sonhos nos permitem minimizar estas conexões inúteis ao misturar coisas assustadoras com coisas que não são amedrontadoras - e, com o tempo, passamos a ter menos medo.

Então, os pesadelos podem ter um lado positivo no fim das contas!

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!